Cúrcuma ou Açafrão da Terra

As propriedades medicinais do cúrcuma ou açafrão da terra foram lentamente se revelando ao longo dos séculos.

Muito conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias, uma pesquisa recente revelou que a cúrcuma é uma maravilha natural,
provando benéfico no tratamento de muitos problemas de saúde, como câncer e mal de Alzheimer.

Raiz rica em manganês, ferro, potássio e magnésio, vitaminas B6 e C.

Altamente anti inflamatório, associado a proteção contra o crescimento de células cancerígenas, saúde do fígado, digestão otimizada, cura de úlcera e problemas de pele.

O açafrão da terra é cheio de anti oxidantes e pode ser encontrado fresco (raíz) ou em pó, você pode usar como condimento em diversos pratos e molhos ou adicionar ao suco verde.

São vários os benefícios do Cúrcuma, por exemplo:

  • É um agente anti-séptico e antibacteriano natural, muito utilizado na desinfecção de cortes e queimaduras.
  • Quando combinado com a couve-flor,ele ajuda a prevenir o câncer da próstata e pode parar o crescimento do câncer existente.
  • É um desintoxicante do fígado natural.
  • Pode prevenir e retardar a progressão da doença de Alzheimer através da remoção da placa amyloyd acumulada no cérebro.
  • Pode prevenir que ocorra metástases em muitas formas diferentes de câncer.
  • É um potente anti-inflamatório natural que funciona tão bem como muitas drogas anti-inflamatórias, mas sem os efeitos secundários.
  • Tem se mostrado promissora em retardar a progressão da esclerose múltipla.
  • É um analgésico natural.
  • Pode ajudar no metabolismo da gordura e ajuda no controle do peso.
  • Tem sido usada na medicina chinesa como um tratamento para a depressão.
  • Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, é um tratamento natural para a artrite e a artrite reumatoide.
  • Aumenta os efeitos da quimioterapia com paclitaxel fármaco, e reduz os seus efeitos secundários.
  • Acelera a cicatrização de feridas e auxilia na remodelação da pele danificada. Por isso, pode ajudar no tratamento de psoríase e outras condições inflamatórias da pele.

TAGS:

Deixe uma resposta